Contagem regressiva para a Copa.

 Contagem regressiva para a Copa.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Finalmente, sobre Modano

Eu falei pouco sobre Mike Modano, quem sabe um ou dois parágrafos. Primeiro, não falei nada pois tudo parecia ser apenas uma brincadeira, uma coisa singela de "o bom filho à casa torna" ou coisa que o valha. Porém, de uma hora para outra, lá estava Mike Mo no Comerica Park, ao lado de seu pai, Ken Holland, Mike Ilitch e Mike Babcock.

As coisas ficaram interessantes quando começou aparecer no twitter que apenas os Wings haviam contatado Modano. Logo após, toda a franquia Red Wing começou a puxar saco de Modano como nunca antes fez com um agente-livre. Matérias publicadas no site oficial, declarações do homem que treinou Modano 20 anos atrás, declarações de Holland, Babcock, Lidstrom e Al, o polvo, elogiando o veterano.

Foi mais ou menos por aí que Modano deu a declaração que pode assombrá-lo pelos próximos meses: "Detroit ou aposentadoria". Nesse momento, a torcida se dividiu em duas facções:

  1. Pró-Modano: esses adoraram a possibilidade de mais um veterano na equipe (claro, dependendo do salário), algo similar aos Wings pré-teto salarial, quando veteranos querendo uma última chance de ganhar a Copa Stanley vinham fazer uma turnê de despedida no estado do Michigan.
  2. Anti-Modano: estes se prenderam as estatísticas e ao fato do jogador ter sido deixado de lado em Dallas. Lembraram-se que Modano perdeu o C na camisa e questionaram sua capacidade atual. Começaram a defender o garoto Mattias Ritola, um prospecto bem comum que tinha sido ignorado por muitos até agora.
Enquanto as facções se enfrentavam, algo mudou. Do nada, San Jose e Minnesota quiseram os serviços do jogador, e alguns dizem que Anaheim também se interessou. Um funcionário dos Sharks, ao ser perguntado se o time havia ligado para Modano ou o contrário, não quis responder, ou seja, basicamente disse que Modano ligou para San Jose. O central ainda deu entrevistas dizendo que o termo "Detroit ou aposentadoria" pode ter sido muito forte.

Por fora de tudo isso, há o fato de Modano ser casado com a aspirante a atriz/modelo/arroz-de-festa Willa Ford, que não quer ficar longe do marido mas também não quer sair da California, onde está seu mercado de trabalho.

Toda essa confusão, aliada ao baixo salário que os Wings podem oferecer, à nostalgia de Modano em relação à Minnesota e à chance de ganhar uma Copa Stanley perto da esposa em San Jose, enroscaram todas as negociações. Detroit está amarrado, não sabendo quanto pode oferecer aos agentes-livres irrestritos Darren Helm e Justin Abdelkader, além de ficar no aguardo para trazer ou não um defensor nº 7.

Juntando a bagunça, temos Mike Modano, um central que, admito, nunca acompanhei. Nunca me importei com ele, só sabia que era nosso freguês e pronto. Com toda essa enrolação e, principalmente, a história do "Detroit ou asilo", Modano corre o risco de deixar de ser neutro e se tornar persona non grata em seu estado natal.

Essa postagem pode se tornar inútil em algumas horas se Modano tomar uma decisão, mas eu duvido. Assim, respondam:

10 comentários:

zeh disse...

Modano não é Brett Hull, mas, digamos, fica a mais ou menos 1h de distância.

Entretanto, Hull inspirava muito mais confiança e condições de "salvar a pátria", vide jogo X contra o 'Canes na final de 2002.

Modano, provavelmente, pode ter uma chance no time, chegando, a, quem sabe, ficar a mais ou menos 30min de distância de Hull.

De umas temporadas pra cá, o Wings tomou o lugar do Rangers no que diz respeito a ser o asilo da NHL. Mas acredito que isso possa ser uma boa.

Modano, repito, não é Hull ou Yzerman quando estava quebrado, mas é, talvez, um Shanahan com menos força e mais jeito.

É um ótimo nome. Eu voto Sim.

Everton disse...

Se for pra começar com palhaçada, é melhor nem aparecer em Detroit.

Leandro Bombachi disse...

Olha, se eu fosse o Modano e a tal da Willa Ford falasse para escolher entre Detroit ou Califórnia, eu sinceramente nem pensaria em Detroit... Puta mulher gostosa!!! Mas isso sou eu, vai que o cara prefere ter chances de ganhar a Stanley... hehehe

Humberto Fernandes disse...

Se o zeh votou SIM, nada tenho a questionar: SIM!

Felipe Marques disse...

Prefiro trazer um defensor 7

Vinicius Villatore disse...

=S

LEANDRO disse...

Como disse nosso amigo Humberto... se o Zeh falou que sim tambem vou de sim! hehehe

Fabio disse...

No Mlive.com:

The Red Wings have offered Modano a one-year deal for $1.25 million and aren't likely to increase that offer because they're tight on salary-cap space, still needing to sign restricted free-agent forwards Darren Helm and Justin Abdelkader.

E aí, vale 1.25 milhão?

zeh disse...

Vale. Já tivemos coisa pior nessa faixa de preço. Mas, se for pra fechar, que feche logo. 1 milao eh mais justo.

Gustavo disse...

1 milhão e não se fala + nisso!!!!

Bate o martelo tio Hollanda